Não há nada de errado em cuidar do corpo. Nada melhor do que se olhar no espelho e ficar satisfeito com a aparência. O problema é quando esse cuidado vira uma obsessão, o que pode gerar distúrbios alimentares como a anorexia nervosa.

Anorexia nervosa é um distúrbio alimentar em que a pessoa tem preocupação excessiva com a aparência, principalmente em relação ao peso. Há uma imagem irreal de si mesma. Por mais magra que seja, quando se olha no espelho se enxerga gorda e isso desencadeia um grande pavor.

A anorexia nervosa é bem mais comum em mulheres. Atinge nove mulheres a cada homem. É uma doença séria, com um preocupante taxa de mortalidade que varia de 5 a 20% dos casos.

5 sinais de que uma pessoa pode ter anorexia

1 – Perda drástica de peso

Um indivíduo com anorexia com certeza vai apresentar uma perda drástica de peso. Ao passar do tempo, os ossos do corpo, como os das costelas, já são visíveis. Mesmo assim a pessoa não consegue perceber a quão magra está. Ao contrário. Ao se olhar no espelho, tem a certeza de que está fora do peso.

2 – Esconder alimentos com medo de comê-los

Uma pessoa com anorexia pode desenvolver o hábito de esconder os alimentos, com medo excessivo de comer. Esse sinal da doença é acentuado quando o indivíduo mora sozinho ou passa grande parte do tempo solitário.

3 – Pular refeições

Quem desenvolve esse problema pode passar o dia inteiro sem comer. Quando presente em uma mesa ou em visita à casa de alguém ou outra ocasião, não aceita alimentos. Desenvolve-se a preocupação demasiada por contagem de calorias nos alimentos.

4 – Fazer exercícios em excesso

Mesmo não se alimentando direito, a pessoa com anorexia pode passar horas se exercitando em uma academia e mesmo assim não ficar satisfeita com o resultado.

O sujeito pode não estar mais aguentando de tanto se exercitar, mas está com pensamento fixo de que se parar naquele momento, vai engordar.

Óbvio que isso fará a pessoa ficar sem disposição para outras atividades recorrentes do dia a dia. Há também a presença do sono excessivo.

Em suma, o indivíduo dorme muito, não come quase nada e passa o dia todo em na academia.

5 – Impacto na vida social

A pessoa com anorexia tende a se isolar. Lembre-se que o anorexo tem uma imagem totalmente distorcida de si mesmo e, consequentemente, desenvolve o pensamento de que os outros também a acharam feia e gorda, mesmo esses falando o contrário.

Atenção: a anorexia nervosa pode gerar outras doenças como a anemia. Se não tratada com devido cuidado, como citado no início, a pessoa pode morrer.

Tratamento

O tratamento da anorexia deve ser realizado por uma equipe multidisciplinar.

Médico psiquiatra: que analisará toda parte clínica e passará os medicamentos adequados para esse distúrbio.

Nutricionista: fará todo acompanhamento alimentar adequado.

Psicoterapia: muito importante para encontrar a raiz desse problema.

Não se sabe ao certo o que causa efetivamente a anorexia, mas há consenso ente os especialistas que o componente genético junto com problemas emocionais e de personalidade são as possíveis causas do distúrbio.

Caso você tenha se identificado com o quadro descrito neste artigo ou conhece uma pessoa que apresenta esses sintomas, procure ajuda imediatamente.