A bipolaridade entrou no vocabulário popular e não é difícil encontrar pessoas que usam essa palavra no dia a dia para indicar alterações simples de humor. Mas o transtorno bipolar é bem mais grave do que isso.

Ele afeta 4% da população mundial, segundo a Associação Brasileira de Transtorno Bipolar (ABTB). Ela é caracterizada por mudanças bruscas de humor, com crises de depressão repetidas.

Quando o paciente está animado e alegre, é chamado de mania e os períodos tristes e agressivos são chamados de depressivos. Veja alguns sintomas que podem ajudar a identificar a bipolaridade.

1.    Mudanças de humor

As mudanças de humor na bipolaridade costumam acontecer em fases. Elas variam entre manifestação de muita alegria e euforia e momentos de depressão, melancolia e pensamentos negativos.

Por isso, não é difícil que alguns pacientes sejam diagnosticados com depressão, quando na verdade tem transtorno bipolar.

2.    Problemas em se concentrar

Dificuldades em se concentrar também é um sintoma que aparece em outros problemas, mas é um comportamento claro que mostra bipolaridade.

Problemas em se concentrar em atividades que são feitas diariamente, memorizar informações simples ou lentidão para tomar decisões também aparecem em bipolares.

Esse tipo de sintoma é notado mais em momentos de mania, mas também acontecem em alguns episódios de depressão.

3.    Queda e aumento no nível de energia

Durante a fase maníaca, é comum a pessoa demonstrar grandes picos de energia durante o dia, mas ter pouca força de vontade em períodos depressivos.

A falta de energia não é apenas física, como também mental. Isso pode levar a pensamentos negativos, como o suicídio em momentos depressivos.

Por isso, é muito importante que a pessoa faça um tratamento com um psiquiatra qualificado e especialista em tratar esses transtornos.

4.    Perda ou aumento do apetite

A fase maníaca faz com que a pessoa se alimente constantemente, gerando até uma compulsão. O excesso de consumo também pode ser notado no uso de bebidas alcoólicas e drogas, que são prejudiciais ao tratamento.

Na fase depressiva, a pessoa não tem vontade de comer, o que pode resultar em uma grande perda de peso.

Tome cuidado, pois essas não são regras absolutas. Existem pessoas que apresentam os mesmos sintomas, mas em fases opostas.

5.    Diminuição ou sentir muito sono

Por estar muito agitado em grande parte do tempo, a pessoa sente insônia na fase maníaca.

Mas, a fase depressiva pode fazer com que a pessoa durma muito mais do que precisa, pois ela sente uma forte sensação de esgotamento físico e mental.

6.    Alterações na líbido

É comum que a bipolaridade mexa com a líbido das pessoas. Na fase maníaca, a pessoa sente vontade de fazer sexo e até conquista mais de um parceiro. Os momentos depressivos impedem o prazer e causam a perda da líbido.

Todos esses sintomas ajudam a identificar a bipolaridade, mas apenas um psiquiatra qualificado poderá realmente dar o diagnóstico correto. Por ter muitos sintomas que estão presentes em outros transtornos, nem todo mundo que apresenta alguns deles realmente é bipolar.