Quando o tema é alcoolismo, muitos assuntos relacionados a doença acabam surgindo, como dúvidas sobre como funciona o distúrbio, como ele se desenvolve, quais são os sintomas e efeitos e, é claro, quais são as causas do alcoolismo. Isso acontece porque não somente o alcoolismo é uma das dependências mais comuns do mundo, como também motivo de muitas dúvidas acerca do tema.

Neste artigo, iremos explicar um pouco sobre o alcoolismo, seu desenvolvimento, os sintomas que denunciam a presença da doença e o que causa o aparecimento do distúrbio na vida de uma pessoa. É mais do que necessário falar sobre o tema, afinal, o número de dependentes só aumenta a cada ano que passa, infelizmente. Por isso, se você conhece alguém que possa se interessar pelo assunto, mostre esse artigo!

Causas do alcoolismo: bebidas

Fonte: Pexels.com

O que, de fato, é alcoolismo?

Muito se fala sobre a palavra “alcoolismo”. Apesar de ser bastante discutido na mídia, através de arte, publicidade, jornalismo e ficção, muita gente ainda não sabe definir do que a doença realmente se trata. Isso porque existem diversos mitos e inverdades sendo divulgada como informações verdadeiras e verídicas. Mas na realidade, o alcoolismo possui uma definição simples e clara ao mesmo tempo.

Considerada uma doença crônica e grave, o alcoolismo torna o indivíduo cada vez mais tolerante aos efeitos da bebida, o que traz sintomas de abstinência quando a pessoa não consome qualquer tipo de álcool.

A dependência do álcool ocorre após o uso repetido da substância e é associada à extrema dificuldade de controlar o consumo da bebida (não conseguir parar após começar a beber), náuseas, tremores e ansiedade quando a ingestão para. No entanto, é preciso explicar com clareza a diferença entre alcoolismo e abuso de álcool.

O abuso não quer dizer o desejo incontrolável e a necessidade física e psicológica de ingerir a bebida. Além do mais, não tem como consequência a maior tolerância por parte do indivíduo em relação ao álcool. Quando se fala em alcoolismo, se fala na incapacidade da pessoa de não consumir nenhum tipo de bebida – esse é, inclusive, um dos principais sintomas da presença e do desenvolvimento do alcoolismo.

Problemas com alcoolismo

Fonte: Unsplash.com

Quais são os sintomas do alcoolismo?

Como falamos anteriormente, um dos maiores e mais fortes sintomas do alcoolismo é quando chega ao ponto do indivíduo não conseguir ficar sem ingerir qualquer tipo de bebida alcoólica. No entanto, existem vários outros sintomas que denunciam a presença da doença na vida de uma pessoa. A grande maioria das pessoas atingidas pelo alcoolismo não admite ou sequer enxerga que tem um problema, por isso, é necessário que os outros ao redor tentem ajudar. Fique atento aos principais sintomas:

  1. Beber sozinho e sem nenhum motivo.
  2. Continua bebendo, mesmo que esteja perdendo amigos, família, emprego e outros tipos de relações profissionais ou pessoais.
  3. Perder o emprego ou ano letivo por conta da bebida.
  4. Agressividade quando bebe.
  5. Não conseguir ficar um ou poucos dias sem uma bebida alcoólica.
  6. Ter dificuldades ou até mesmo não conseguir parar de beber depois que começa.
  7. Beber cada vez mais para ter os mesmos efeitos.
  8. Apresentar paranoia ou alucinações.
  9. Ter sempre uma desculpa para beber.
  10. Se afastar de amigos, família e eventos sociais para beber.
  11. Evitar locais onde não pode beber.
  12. Tentar esconder o consumo exagerado de álcool.
  13. Péssima alimentação (comer mal ou deixar de comer)
  14. Perda de memória.
  15. Apresentar tremores e sintomas de abstinência quando passa muito tempo (para o padrão de um corpo que já está acostumado a beber todo dia) sem ingerir algum tipo de bebida alcoólica.

Se você conhece alguém que apresenta até mesmo um sintoma citado acima, entre em contato conosco e agende uma avaliação, pois quanto antes a ajuda é procurada, mais fácil o tratamento se torna.

Causas do alcoolismo

As diversas causas do alcoolismo

Há várias causas para o surgimento e desenvolvimento do alcoolismo, dentre eles:

  • Facilidade de acesso: por estarmos numa sociedade onde o consumo de álcool é visto como algo divertido, se torna muito mais fácil conseguir o acesso.
  • Ambiente social: muitas vezes, o consumo de bebida alcoólica é associado aos ambientes sociais que a pessoa está envolvida, como festas, bares, baladas, noites de diversão, entre outros lugares. Quanto mais pessoas bebem ao redor do indivíduo, maior a possibilidade de ele começar a beber também, pois somos seres sociais que sentem a necessidade de fazer parte de grupos com os quais temos coisas em comum.
  • Histórico familiar: há evidências de que existem fatores genéticos envolvidos no alcoolismo, analisando o histórico familiar de diversos pacientes dependentes do álcool.
  • Saúde mental: por motivos de necessidade de escapar da realidade, impulsos e dificuldade em lidar com os próprios sentimentos e pensamentos, pessoas com distúrbios mentais possuem chances maiores de se tornarem dependentes do álcool e de outras drogas, incluindo as ilícitas.
  • Idade: grande parte das pessoas começa a beber na adolescência, mas o alcoolismo só se desenvolve, na maioria das vezes, na vida adulta.
  • Gênero: o alcoolismo é mais comum nos homens, apesar de afetar mulheres também. Isso se dá ao fato de que os aspectos culturais da sociedade reprimem as mulheres que bebem, o que faz com que a maioria delas se sinta no dever de não beber ou beber pouco.
Causas do alcoolismo: tratamento

Fonte: Pexels.com

Como funciona o tratamento das causas do alcoolismo

Como você pôde perceber durante a leitura deste artigo, às causas do alcoolismo são bem diversas e podem surgir por inúmeros fatores, o que traz consequências bastante perigosas e complexas. Por esse motivo, sabendo que o alcoolismo prejudica a vítima de uma forma grave (e, às vezes, até mesmo fatal), é mais do que necessário procurar um apoio médico. Por isso, a melhor opção é investir em uma clínica de recuperação que saiba lidar com as dificuldades de um tratamento tão profundo, sério e amplo quanto o do alcoolismo.

A Clínica Terapêutica Viva Melhor possui tratamentos para doenças psíquicas físicas como o alcoolismo e a dependência química, e vários tipos de transtornos psicológicos, como dependência em internet, depressão, transtorno bipolar, ansiedade, síndrome do pânico, borderline e transtorno obsessivo compulsivo.

Nós já ajudamos a salvar centenas de vidas nos mais de 10 anos de funcionamento. Possuímos uma equipe especializada e multidisciplinar preparada para atender a todos que precisam de auxílio para sair dessa situação tão delicada!

Se você quer saber mais sobre como lidar com o alcoolismo, deseja aprender ainda mais sobre as causas do alcoolismo ou conhece alguém que passa pelos problemas colocados no artigo, entre em contato conosco através dos números:

(61) 3244-1810 | Brasília/DF
(81) 3032-4567 | Recife/PE

(62) 99180-1328 | Anápolis/GO

Ou ainda, se preferir, agende uma avaliação agora mesmo em uma das nossas unidades!