O alcoolismo é uma doença crônica que torna o indivíduo cada vez mais tolerante aos efeitos da bebida, o que faz com que ele consuma a substância de maneira excessiva. Se desenvolve após o uso repetido do álcool e à dificuldade de controlar o consumo, ou seja, a pessoa realmente não consegue parar de beber.

Alguns sinais da presença do alcoolismo são os tremores, perda de controle, náuseas e ansiedade quando a ingestão da bebida acaba. É importante lembrar que a doença não acontece de uma vez só. No início, o indivíduo bebe como uma forma de lazer, um hábito, até que isso se torna o grande centro da vida dele.

Como toda dependência, há consequências para o corpo e para a mente de quem abusa das substâncias. É possível listar mais de 10 doenças causadas pelo álcool, afinal, a bebida alcoólica traz inúmeros efeitos colaterais que são extremamente prejudiciais à saúde.

Não, você não leu errado, são mais de 10 enfermidades que atingem as pessoas com vício em álcool. Neste artigo, separamos 15 entre diversos problemas físicos e mentais, para que você possa entender melhor quais são as doenças causadas pelo álcool.

pessoa enchendo o copo de bebida

Fonte: Tookapic

Imunidade baixa

A imunidade baixa é uma das consequências do abuso do álcool, acarretando nas outras doenças que falaremos a seguir. As defesas naturais do organismo do ser humano não conseguem barrar problemas como infecções, pneumonia e tuberculose, o que significa que o alcoólatra ficará doente com mais frequência e facilidade.

Cirrose hepática

A hepatite, também conhecida como cirrose hepática, é uma das principais doenças causadas pelo álcool. Alguns dos sinais são olhos e pele amarelados e abdômen inchado. A partir do momento que ocorrem episódios frequentes de hepatite, a cirrose hepática acontece, destruindo as células do fígado e o impedindo de continuar trabalhando, o que leva o paciente à morte.

Gastrite

A gastrite acontece em quem consome álcool em excesso por conta das substâncias presentes na bebida alcoólica, que são mais fortes do que o corpo humano pode aguentar. Os sintomas são perda de apetite, vômitos, náuseas e azia, e são causados por uma inflamação da parede do estômago.

Pancreatite

É uma inflamação da glândula do pâncreas e pode ser classificada como aguda ou crônica. No entanto, no caso de quem abusa do álcool, é mais comum que a doença apareça na forma crônica. O pâncreas é o grande responsável pela produção de insulina e de enzimas, além de regular os níveis de açúcar no sangue e ajudar em outras reações relacionadas ao metabolismo no organismo. A pancreatite ocorre quando as enzimas digestivas atacam e destroem o pâncreas e tecidos vizinhos, o que causa dores e cicatrizes.

Problemas cardiovasculares

Uma das doenças causadas pelo álcool mais comuns são os problemas cardiovasculares, afinal, são muitas variáveis: pode acontecer a hipertensão (ou pressão arterial), a insuficiência cardíaca, a arritmia cardíaca… E todas elas levam a possibilidade de ocorrer um acidente vascular cerebral (AVC) ou uma morte súbita.

Problemas circulatórios

Como o álcool é um depressor e os depressores afetam o sistema circulatório, existem muitos perigos para o alcoólatra. As funções normais do coração e do cérebro são diminuídas, o que traz efeitos a curto prazo, como a pressão sanguínea e o pulso reduzidos, e dificuldades para respirar. Caso o abuso alcoólico continue, problemas ainda mais sérios podem acontecer, como um derrame ou um infarto.

Infarto

Como falamos acima, o consumo abusivo de bebidas alcoólicas durante um longo período pode causar doenças cardiovasculares como o infarto. Ele ocorre por conta das taxas elevadas de triglicerídeos e colesterol, além de haver o excesso de gordura acumulada nas artérias, impedindo a circulação normal do sangue.

Anemia

A anemia é uma das doenças causadas pelo álcool que mais atingem as pessoas – quase metade dos alcoólatras possuem o problema. A verdade é que o álcool é uma boa fonte de energia, fazendo com que o indivíduo não coma direito, o que ocasiona na carência de vários nutrientes importantes para a saúde.

Anorexia alcoólica

Sendo um derivado do transtorno alimentar (anorexia), a anorexia alcoólica acontece quando as bebidas começam a ser ingeridas no lugar dos alimentos. O objetivo é evitar a ingestão de calorias e, assim, perder peso. Esse distúrbio pode ocorrer em conjunto com a anorexia e a bulimia, mas, nesse caso, o álcool é utilizado como forma de diminuir a fome.

pessoa doente na cama

Fonte: Rawpixel

Disfunção erétil

Uma das principais doenças causadas pelo álcool é a disfunção erétil, a redução do desejo sexual e a ejaculação precoce. Mais de 70% dos alcoólatras apresentam algum problema com a sua sexualidade, afinal, a substância possui efeito depressor no sistema nervoso, além do circulatório, como dissemos antes. Outros problemas também são a diminuição ou ausência da menstruação, infertilidade e redução da qualidade de espermatozoides.

Câncer

O uso excessivo de bebidas alcoólicas tem como consequência o aumento dos riscos de câncer, principalmente em locais como a boca, o esôfago, a laringe, o fígado, o pâncreas e a faringe. O álcool resulta em danos nos tecidos do corpo, tem efeitos negativos em hormônios como o estrogênio e diminui os níveis de ácido fólico.

Demência de Korsakoff

A Demência de Korsakoff é uma das doenças causadas pelo álcool que atingem o cognitivo de quem é dependente de bebidas alcoólicas. Isso porque a enfermidade prejudica diretamente os sistemas nervoso central e periférico. Os sintomas mais comuns são: confusão mental, perda da coordenação e do equilíbrio dos movimentos musculares voluntários, prejuízo na aprendizagem e na memória, amnésia parcial anterógrada e lesões em estruturas do cérebro.

Depressão

As doenças causadas pelo álcool não somente dizem respeito ao físico, como também ao estado mental de quem sofre com o alcoolismo. A depressão pode ser a causa e a consequência do vício. As pessoas que já possuem depressão podem acabar utilizando o álcool para suprir o vazio que sentem, assim como os alcoólatras podem desenvolver a doença após perceberem que estão cada vez mais viciadas na substância.

Ansiedade

Assim como a depressão, a ansiedade também pode ser a causa e consequência do alcoolismo. Pessoas ansiosas são conhecidas por serem bastante impulsivas, por isso, o consumo das bebidas alcoólicas pode ser uma válvula de escape passageiro e momentâneo, mas se repetido com frequência conforme o tempo vai passando. Além disso, o indivíduo pode começar a ter pensamentos ansiosos e nervosos sobre a sua dependência, aumentando o sofrimento interno e externo dele.

Síndrome do pânico

A síndrome do pânico faz com que a vítima tenha medos irracionais de coisas como sair de casa ou interagir com os outros, por acreditar que algo de terrível possa acontecer a qualquer momento. Por conta disso, utiliza as bebidas alcoólicas como forma de tentar fugir dos próprios pensamentos.

As pessoas que possuem o alcoolismo e que sofrem com as doenças causadas pelo álcool precisam de uma clínica de reabilitação qualificada para atender as necessidades físicas, mentais e biológicas dos pacientes.

É isso que a Clínica Terapêutica Viva Melhor faz! Há mais de uma década, nós apresentamos sempre o nosso melhor trabalho e ajudamos a salvar a vida de centenas de pessoas. Se você conhece alguém que passa por essa situação de dificuldade, entre em contato pelos telefones:

(61) 3244-1810 | Brasília/DF
(81) 3032-4567 | Recife/PE
(62) 99180-1328 | Anápolis/GO

Ou, se preferir, agende uma avaliação!